Menu

« »

Content

Novembro Azul - a conversa agora é com os homens

Alimentação saudável, atividade física e consultas regulares são alternativas para prevenção do câncer de próstata

De acordo com o INCA (Instituto Nacional de Câncer), no Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens (fica atrás somente do câncer de pele não melanoma). Anualmente, 61 mil pacientes são diagnosticados com a doença e o número de mortes chega a mais de 13 mil (dados de 2013).

novembroazul1

É fato que muitos homens não gostam de ir ao médico realizar consultas periódicas, e quando se fala em exame de toque e próstata então o assunto vira tabu. Mas o objetivo da campanha Novembro Azul é mobilizar homens de todo o mundo para inserir cuidados básicos como alimentação saudável, prática de atividades físicas e consultas periódicas ao urologista.

Com o objetivo de informar e conscientizar a população, a campanha Novembro Azul acontece em todo o mês de novembro e esclarece sobre a importância da prevenção do câncer de próstata.

O câncer de próstata é raro antes dos 40 anos, mas sua incidência aumenta rapidamente após os 50 anos. Por isso o homem que decidir se cuidar já pode discutir a partir dos 40 anos com seu urologista os riscos e benefícios de começar a prevenção.

Davi Liu, médico oncologista da Clínica Fares, é enfático ao dizer que o homem precisa se cuidar mais. “Normalmente o homem se cuida pouco e a campanha existe para mostrar para ele que é importante fazer a prevenção e passar periodicamente por consulta com um especialista”, comenta.

Somente um médico urologista é capaz, por meio de exames clínicos específicos (toque retal e PSA, sigla em inglês para Antígeno Prostático Específico – exame de sangue que detecta um antígeno produzido naturalmente pela próstata), de realizar uma avaliação mais precisa sobre o risco de desenvolvimento do câncer de próstata e encaminhar, se necessário para o tratamento adequado.

Segundo o médico, esse antígeno pode estar aumentado em várias situações fisiológicas normais, além de também estar elevado no câncer de próstata. Por isso, se o resultado do PSA estiver alterado e o exame de toque também, é preciso realizar uma investigação mais detalhada, por meio de ultrassom e até biópsia, pois há indícios de alterações na próstata. Se for confirmado o câncer, o tratamento pode envolver cirurgia, radioterapia, terapia endócrina ou quimioterapia, tudo vai depender do estágio da doença e da opção do paciente.

“O câncer de próstata é uma doença silenciosa e não costuma mostrar sintomas no início, por isso a importância de consultar um urologista e discutir os riscos e benefícios a partir dos 40 anos”, enfatiza o médico.

Além dos exames preventivos, adotar um estilo de vida saudável, com exercícios físicos, boa alimentação (evitando sobrepeso ou obesidade), não fumar, são comportamentos que podem ajudar não somente na prevenção do câncer de próstata como de outros tumores malignos.

botao voltar

 

Rosângela Cianci

Rosângela Cianci. Jornalista, blogueira, repórter, apresentadora, produtora de TV e idealizadora do site Universo de Rose. Incansável observadora do cotidiano, apaixonada pelo que faz. Ex-Secretária Executiva, sempre lidou com Diretoria e Presidência mas prestes a completar Bodas de Prata na área, resolveu desengavetar um sonho antigo: o Jornalismo. E partiu pra nova luta com 40 (e uns anos), "pois meu negócio é escrever e conversar sobre assuntos de A a Z"...

E-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.