Menu

« »

Content

Gripe H1N1. Veja dicas da Dra Liliane Oppermann para adquirir mais imunidade e combater o vírus

                                                                                                                                                                                                                   
Médica explica como a alimentação saudável pode influenciar na sua imunidade
 

A gripe H1N1 é notícia em todas as mídias - de novo e os alertas para a prevenção estão constantes. Nas últimas semanas, foi comunicado que vírus da gripe H1N1 voltou a atingir o Brasil e já assola 11 Estados, principalmente São Paulo. De acordo com o Ministério da Saúde, o País registrou 305 casos da doença até 19 de março. Foram 46 mortes até a data, 10 a mais que no ano passado inteiro.

h1n1

“Para quem ainda não tem conhecimento, a H1N1 é um vírus da mesma família que transmite a famosa gripe. Ela é transmitida de pessoa para pessoa, especialmente através da tosse ou espirro, e, algumas pessoas podem se contaminar entrando em contato com objetos contaminados”, explica a médica nutróloa Liliane Oppermann.

De uma forma geral, os sintomas dela são semelhantes aos da gripe comum, tais como febre alta, tosse, dor de cabeça, garganta inflamada, falta de ar, cansaço e até diarreia e vômitos.

Pensando na prevenção dessa doença, Liliane Oppermann listou algumas dicas, principalmente ligadas a alimentação, que vão te ajudar a ter mais imunidade para combater o vírus:

- HIDRATAÇÃO: Já não é segredo para ninguém que a água é uma das coisas mais saudáveis do mundo. Beba no mínimo dois litros por dia, porque além de hidratar, ela mantém as vias aéreas úmidas, ajudando no combate ao vírus.

- ALHO E CEBOLA: Esses temperos são grandes aliados na imunidade. O alho tem função imunoprotetora e vem com uma boa dose de selênio e zinco, nutrientes que ajudam muito a evitar gripes e outras doenças. Já a cebola possui quercitina, um potencializador da função imune, que além de prevenir doenças virais, combate também as alérgicas.

h1n1b

- SHIMEJI E SHITAKE: Ambos são ricos em lentinana, um nutriente que estimula a produção das células de defesa, fazendo com que a imunidade aumente.

- VITAMINA C: Ela aumenta a produção de glóbulos brancos, células que fazem parte do sistema imunológico e que combatem doenças como a gripe.

- IOGURTE NATURAL: É rico em cálcio e lactobacilos, que ajudam a melhorar a flora intestinal e fortalecem o sistema imunológico.

- ÔMEGA 3: Presente em peixes como salmão e sardinha, ele auxilia as artérias a permanecerem longe de inflamações.

- OLEAGINOSAS: Todas elas são ricas em vitamina E, que é benéfica por agir no combate à diminuição da atividade imunológica. Dentre elas, temos a noz, amêndoa, castanha, etc.

- VEGETAIS VERDE ESCUROS: Possuem vitaminas A, B6 E B12, responsáveis pela maturação das células imunes, ajudando na resistência às infecções. Podemos citar brócolis, couve, rúcula e espinafre.

A Doutora Liliane Oppermann, CRM 123314, é Médica Nutróloga, com título de Especialista pela ABRAN (Associação Brasileira de Nutrologia) e Ex-Diretora da Associação Médica Brasileira de Ortomolecular (AMBO). É capacitada em Nutrologia Esportiva, Diabetes, Obesidade Infanto Juvenil e em acompanhamento pré e pós Cirurgia Bariátrica. Pós-Graduada em Gastronomia Funcional, Coach pela Sociedade Brasileira de Coaching, Palestrante com diversos temas na área da saúde física, emocional e alimentação saudável para público leigo ou profissionais da área. Desde 2002 se dedica ao Estudo da Obesidade. Elaborou o Método de Emagrecimento Dieta DC em 2008 e junto com a Prática Ortomolecular vem acompanhando seus pacientes. Saiba mais: www.doutoraliliane.com.br  botao voltar

Rosângela Cianci

Rosângela Cianci. Jornalista, blogueira, repórter, apresentadora, produtora de TV e idealizadora do site Universo de Rose. Incansável observadora do cotidiano, apaixonada pelo que faz. Ex-Secretária Executiva, sempre lidou com Diretoria e Presidência mas prestes a completar Bodas de Prata na área, resolveu desengavetar um sonho antigo: o Jornalismo. E partiu pra nova luta com 40 (e uns anos), "pois meu negócio é escrever e conversar sobre assuntos de A a Z"...

E-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.