Menu

« »

Content

O Bar Espírito Santo Comemora 15 anos!

 

O Bar Espírito Santo completa 15 anos, com a presença de assíduos clientes e uma história de acolhida e descontração. A farta e saborosa gastronomia, por muitas vezes, faz com que a casa seja percebida como um restaurante. O Bar que traz um pouco da personalidade e vivências de seus proprietários Renato Costa, 28, descendente de portugueses, e do lusitano Adriano Costa, 67, tem uma viva mistura de Brasil e Portugal e a combinação de gerações. Entre o despojado e o tradicional, o espaço forma um ambiente eclético, agradável e recheado de histórias.

Bacalhaualagareiro

Bacalhau a Lagadeiro - umas tradições do Bar

O receptivo tem o aconchego de "rostos amigos", funcionários que estão na casa desde sua abertura, em 1998, é o caso do barman mais antigo da casa “seu Severino” e do gerente “seu Chico” que ficam à frente na acolhida. Com auxiliares que já trabalham há anos em cada área do bar, o Espírito Santo consegue manter boa integração entre os empregados, comunicação fluente com os clientes e um atendimento coeso.

 O chef Paulo Pereira Ramos é nordestino e incorporou bem os sabores da cozinha portuguesa. O cuidado com os produtos, desde a escolha, é uma exigência do cozinheiro. Nunca abre mão de um bom azeite, e despende cuidado especial ao Bacalhau. Faz questão de receber o produto seco e prepara-lo em sua cozinha desde a dessalga.

 O bar oferece delícias típicas como o premiado “Bolinho de Bacalhau”, feito na hora e servido com peculiar crocância e leveza. Também pratos tradicionais como o “Arroz de Pato”, “O polvo à Lagareira”, cozido e assado no azeite com batatas e páprica, o “Bacalhau do Porto”, assado no azeite, arroz de brócolis e batata” e outras delicias que retratam a cozinha da Terrinha.

Alheira1

 Para comemoração dos 15 anos foi introduzido no menu o “Bacalhau Espirito Santo” postas gratinadas com camarões. “Suculento” é o adjetivo indicado para este prato.

 O menu, predominantemente português, é prático , de um lado as entradas, com vários tipos de petiscos, bocados, sandes (sanduiches), saladas e caldos; do outro lado, os pratos, divididos em três categorias, “da terra”, “bacalhau” e “do mar”. De sobremesa, a casa oferece doces tradicionais como “Pastel de Belém” e “Toucinho do Céu” e uma “Rabanada” apreciada pelos clientes. Na imagem ao lado, a entrada "Alheira" - um pão que imita o formato de uma linguiça (criado pelos judeus numa época de guerra em que precisavam se disfarçar dos inimigos - faziam de conta que comiam "linguiça de porco", caso contrário seriam mortos por ser judeus).

 A casa oferece o serviço de delivery, com a disposição de todos os pratos do cardápio, tanto no almoço quanto no jantar.

 O chope esta entre os atrativos da casa, considerado entre os melhores de São Paulo. O bar tem um cardápio de bebidas que vão de criativos drinks, saborosa caipirinha a uma série de cachaças selecionadas, whiskys e destilados. O barman “Severino” se encarrega de preparar e supervisionar os concorridos drinks.

 Podemos considerar que o Espírito Santo é um “bar conceito”, com estilo próprio para incrementar o serviço, o cardápio, o cuidado com o vinho sem perder a atmosfera de um alegre boteco. A adega com 170 rótulos, predominantemente portugueses é cuidada pelos sommeliers Eduardo e Francisco que também se encarregam do atendimento e sugestão para harmonização com os pratos.

 A casa tem capacidade para 88 pessoas, sendo 20 no ambiente externo. As mesinhas na calçada são muito disputadas no verão e no inverno as mantinhas personalizadas ajudam a aquecer com charme. Homenageando as tascas lisboetas, o espaço é decorado com azulejos e fotos da Terrinha. No Bar come-se e bebe-se bem sem ter que se preocupar com a formalidade em uma das esquinas mais nobres de São Paulo, na Rua Horácio Lafer com a Rua Salvador Cardoso, no Itaim, muito próximo à Avenida Faria Lima.

 Aberto todos os dias, o Espírito Santo recebe clientes que frequentavam a casa com os pais e agora com a esposa e filhos. Um bar que propicia o encontro de gerações, histórias, nacionalidades, boa comida, bebida e atendimento, virtudes que compõem espírito deste Bar tão único, mostrando a todos que misturar as raízes Brasil/Portugal é valorizar as raízes e bem saber apreciar o presente.

 Serviço:  Rua Horácio Lafer, 634 – Itaim (esquina com a Rua Salvador Cardoso) – São Paulo;  fone: (11) 3078 7748

 -  2ª feira – das 12h às 15h e das 17h30 às 00h00

 - 3ª a 5ª feira – das 12h às 15h e das 17h30 à 01h

 - 6ª feira e sábados – das 12h à 01h00

 - Domingos e feriados – das 12h às 23h

 botao voltar

 

Rosângela Cianci

Rosângela Cianci. Jornalista, blogueira, repórter, apresentadora, produtora de TV e idealizadora do site Universo de Rose. Incansável observadora do cotidiano, apaixonada pelo que faz. Ex-Secretária Executiva, sempre lidei com Diretoria e Presidência mas prestes a completar Bodas de Prata na área, resolvi desengavetar um sonho antigo: o Jornalismo. E parti pra nova luta com 40 (e uns anos), pois meu negócio é escrever e conversar sobre assuntos de A a Z...

E-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.