Menu

« »

Content

Sabores da Tunísia no Brasil, uma mistura de cores e aromas deliciosos

 

Uma verdadeira aula de história (e delícias) no espaço Madame Aubergine, Itaim Bibi com o almoço-degustação com típicos pratos arábes ao estilo tunisiano. Importadores, fotógrafos e jornalistas de gastronomia no evento Tunisia Experience, organizado pela Associação de Exportadores do Oriente Médio e da África (Maex), em parceria com a Câmara de Comércio Árabe Brasileira, em São Paulo logo no início do mês foi de pura gostosura no destaque das iguarias distribuídas no mundo.

tunisia13

Com um cardápio montado pelo Chef Edmundo Issa, que cozinhava, orientava suas assistentes e dava entrevistas ao mesmo tempo, o ambiente era invadido por cheiros de Harissa (tempero típico da região do Magreb), canapés, tomate seco, pasta de azeitona,  carne de cordeiro acompanhada de cuscuz tunisiano, como prato principal, um mahalabie com calda de damascos, pistache de sobremesa e obviamente, regado a estrela do dia, o azeite de oliva da Tunísia – que foram alguns dos ingredientes que compuseram os pratos elaborados.

O evento fez parte da agenda dos representantes da Maex que estiveram em São Paulo para promover os alimentos produzidos na Tunísia, um dos 22 países árabes que a Câmera representa e conversar com importadores brasileiros (um dos principais pontos da programação dos executivos foi a visita à feira de alimentos Sial Brazil). O evento ainda contou com a presença do embaixador da Tunísia, Sabri Bachtobji, do presidente do Conselho Empresarial Brasil-Tunísia, Hassine Bouzid e do diretor-geral adjunto do Centro de Promoção das Exportações da Tunísia, Raidh Attia.

Apesar de ser um dos mais liberais dos países do mundo árabe, a Tunísia ainda é um destino desconhecido dos brasileiros. Mas para quem já caminhou pelas ruas de qualquer cidade tunisiana foi como descobrir aspectos inusitados da vida cotidiana, se deparar com paisagens estonteantes e construções de beleza impar. Aromas do jasmim e da flor de limão são famosas por lá e envolve os sentidos dos visitantes, tornando-os vítimas de uma mágica miragem. Sem falar das inconfundíveis paisagens, as notas da música malouf, a sedução de suas tradições, o vapor dos banhos hammam e a grandeza de seu passado e presente, o que confirma não se tratar de uma ilusão óptica, mas sim da mais pura realidade.

tunisia9

A língua também não parece ser um problema porque ouve-se a mesma frase em árabe, francês, inglês, italiano, espanhol, alemão e até mesmo português em meio à uma infinidade de bandejas, artesanatos em cobre, espelhos, castiçais, copinhos de chá, amuletos, pulseiras, colares, cerâmicas, gaiolas, pashminas, tâmaras, túnicas, tapetes, azulejaria, temperos, artigos em madeira da oliveira e muito mais quando o quesito são as compras.

Além das diversas paisagens coloridas, o azul do mar, o verde dos oásis exuberantes e das reservas naturais, o dourado do sol refletido nas dunas de areia do deserto do Saaras, do coliseu de El Djem e das ruínas de Cartago, outro destaque é que o país Tunisiano também é rico em oliveiras, fazendo com que o azeite esteja presente em todos os pratos. E como não poderia ser diferente, “Na Tunísia, temos sabores de azeite de oliva diferentes daqueles que já são distribuídos aqui pela Espanha ou outros países. Eles (esses outros) são diferentes do nosso sabor mediterrâneo. Acreditamos que o consumidor brasileiro terá prazer em provar nosso azeite de oliva”, explicou Hoyem, mostrando que mesmo esses produtos, já consagrados na mesa do brasileiro, podem ter um gosto novo.

As cores do figo, das romãs, das tâmaras, dos damascos, das laranja e da melancia, dão um colorido único às mesas, isso sem falar no aroma e sabor.   E Ghrairi Houyem, presidente da Maex, ainda explicou que “O evento foi muito interessante para nós. Precisamos compartilhar essa diversidade. Descobrimos diferentes produtos que já são vendidos no mercado brasileiro e pudemos entender quais as necessidades dos consumidores brasileiros, o que eles compram, o que estão procurando, do que eles sentem falta no mercado que nós podemos trazer da Tunísia”, explicou.

tunisia1

Momentos Evento Tunisia Experience:  com o Chef Edmundo Issa, o embaixador da Tunísia - Sabri Bachtobji, o presidente do Conselho Empresarial Brasil -Tunísia, Hassine Bouzid e do diretor-geral adjunto do Centro de Promoção das Exportações da Tunísia, Raidh Attia, jornalistas, fotógrafos, Madame Albergine e parte do pessoal da Câmara de Comércio Árabe-Brasileira.

Tamer Mansour, gerente de relações governamentais da Câmara de Comércio Árabe-Brasileira ainda finalizou dizendo que "De fato, a Tunísia é o segundo maior exportador de azeite do mundo, atrás apenas da Itália. Aproximadamente 80% do azeite produzido na Tunísia é de altíssima qualidade. A Tunísia também é tradicional produtora de tâmaras frescas e secas, além de sêmola de cuscuz".

Próxima parada???       botao voltar

Rosângela Cianci

Rosângela Cianci. Jornalista, blogueira, repórter, apresentadora, produtora de TV e idealizadora do site Universo de Rose. Incansável observadora do cotidiano, apaixonada pelo que faz. Ex-Secretária Executiva, sempre lidou com Diretoria e Presidência mas prestes a completar Bodas de Prata na área, resolveu desengavetar um sonho antigo: o Jornalismo. E partiu pra nova luta com 40 (e uns anos), "pois meu negócio é escrever e conversar sobre assuntos de A a Z"...

E-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.