Menu

« »

Content

Quer saber o que contribui para a saúde da mulher? Nutrição saudável. Entenda!

Uma das doenças que atingem especialmente mulheres é a osteoporose, uma doença ósteo-metabólica que, segundo a Organização Mundial de Saúde, atinge 1/3 das mulheres brancas acima dos 65 anos. A prevenção é essencial para combater a doença, segundo artigo da Acta Ortopédica Brasileira: deve-se evitar o fumo; álcool e café devem ser consumidos com moderação; a atividade física e ingestão adequada de cálcio são fundamentais; o treinamento de propriocepção pode colaborar para prevenir quedas e, consequentemente, as fraturas. As vitaminas D e K, desempenham um papel importante na saúde dos ossos, garantindo a deposição do cálcio e prevenindo contra o desenvolvimento da osteoporose.

saudemulher1

O Dia Internacional de Luta Pela Saúde da Mulher, comemorado em 28 de maio, propõe discussões e iniciativas que visam prevenir doenças e mortes evitáveis entre a população feminina. Para ajudar nessa busca pela saúde e qualidade de vida, a ingestão de alimentos saudáveis e ricos em nutrientes é fundamental.

Outro ponto de atenção são as doenças cardiovasculares, principal causa de morte em todo o mundo. Segundo o Ministério da Saúde, as doenças cardiovasculares são responsáveis por quase 30% do total de mortes no Brasil. Ter níveis elevados de colesterol e triglicérides são grandes fatores de risco: a concentração elevada de triglicérides aumenta em 37% a frequência de doenças cardiovasculares nas mulheres.

As diretrizes atuais da Sociedade Europeia de Arteriosclerose e da Sociedade Europeia de Cardiologia resumem como manter um coração saudável: "Há várias medidas eficazes e estas incluem a substituição de gorduras saturadas e gorduras trans por gorduras mono e poli-insaturadas, o aumento de fibras alimentares, ácidos graxos ômega-3 e a ingestão de alimentos enriquecidos com fitoesterol".

Como sinalizado, além do fitoesterol, o ômega-3 é um aliado importante na prevenção de doenças cardiovasculares. São ácidos graxos poli-insaturados, abundantes em frutos do mar e que podem consumidos também por meio de alimentos enriquecidos ou suplementos. Além de proteger o coração, o nutriente ajuda a prevenir problemas comuns, tais como doenças metabólicas, cognitivas, distúrbios psicológicos, doenças inflamatórias, além de melhorar a fertilidade. Nas mulheres grávidas o ômega-3 é recomendado para reduzir o risco de parto prematuro, apoia o desenvolvimento do sistema nervoso e olhos do feto, além de ajudar na prevenção da depressão pós-parto.

Outra suplementação alimentar interessante para a saúde feminina são os carotenóides betacaroteno, licopeno e luteína. Esses ingredientes possuem ação antioxidante, combatendo os radicais livres e retardando o envelhecimento da pele. Suplementos de luteína podem também proporcionar benefícios significativos para a saúde pública. O carotenoide é um ingrediente-chave para a saúde dos olhos, proteção do DNA, saúde da pele, imunidade, antienvelhecimento, antiestresse e bem-estar.

Imagem: BASF botao voltar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Rosângela Cianci

Rosângela Cianci. Jornalista, blogueira, repórter, apresentadora, produtora de TV e idealizadora do site Universo de Rose. Incansável observadora do cotidiano, apaixonada pelo que faz. Ex-Secretária Executiva, sempre lidou com Diretoria e Presidência mas prestes a completar Bodas de Prata na área, resolveu desengavetar um sonho antigo: o Jornalismo. E partiu pra nova luta com 40 (e uns anos), "pois meu negócio é escrever e conversar sobre assuntos de A a Z"...

E-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.