Menu

« »

Content

Propriedades do ovo - o antigo vilão

O ovo por muito tempo foi considerado um vilão pela quantidade de colesterol existente na sua composição. No entanto, hoje é conhecida suas propriedades nutricionais e seus benefícios para saúde.

É rico em nutrientes, pois possui proteínas (6,5 g por ovo, sendo que 3,8g são encontrados na clara e 2,7g na gema), vitaminas essenciais (todas do complexo B), vitamina D, e minerais (ferro, zinco, cálcio, cobre, selênio, fósforo, manganês e magnésio). Contém aminoácidos essenciais (aqueles que não são produzidos pelo organismo) na quantidade e relação correta para favorecer o crescimento e o reparo dos músculos. O ovo contém quase o total da ingestão diária de colesterol recomendada por dia. Porém, apena 1/3 do colesterol do ovo é absorvido pelo organismo.

ovo1

Não existe relação entre o colesterol presente no ovo e o aumento das taxa de colesterol no sangue. O colesterol dosado no sangue reflete a ingestão de gorduras saturadas como queijos gordurosos, creme de leite e gordura das carnes, e hidrogenadas, estas aumentam o LDL (colesterol ruim) e o risco de doenças cardiovasculares. Ou seja, para diminuir o colesterol sanguíneo, é preciso reduzir o consumo de gordura saturada.

O ovo é rico em colesterol e pobre em gordura saturada, isso mostra que não é o motivo de causar doenças cardiovasculares. O cuidado maior é para os diabéticos e pessoas que sofreram infartos (consumir apenas três ovos por semana).

ovo1

 A partir da sua composição, o ovo pode ser considerado um alimento com efeito protetor, pois apresenta 3,8g de ácidos graxos monoinsaturados (46,05%), 1,36g de ácidos graxos poliinsaturados (16,48%) são gorduras benéficas à saúde e uma pequena quantidade de gordura saturada, cerca de 3,09g (37,45%), gordura que eleva o colesterol e o LDL no sangue.

Na clara, contém uma proteína chamada ovoalbumina, que possui leucina, um aminoácido utilizado em suplemento nutricional que evita a perda de musculatura.

A gema do ovo contém colina, importante para previnir doenças neurodegenerativas como Alzheimer e Parkinson. Dois ovos contém 250 mg de colina, metade do total que o organismo precisa.

A gema do ovo é uma fonte biodisponível de luteína e zeaxantina, carotenoides antioxidantes que se acumulam na região macular da retina e têm função protetora. Também contém gordura monoiinsaturada e ômega-3, ajuda no controle de glicemia no sangue, evita picos de insulina, auxiliando no controle da vontade de comer doces. É também uma boa fonte de triptofano, aminoácido precursor da serotonina, uma substância associada a sensação de bem-estar, reduz a ansiedade, o mau-humor e irritação durante a TPM.

Além da clara e da gema, a casca do ovo também contém nutrientes, como os sais minerais (cálcio, magnésio e fósforo). Por isso, o pó da casca de ovo pode ser adicionado a outros ingredientes, ajudando a aumentar o valor nutritivo das refeições.

O valor nutritivo do ovo não se altera com o cozimento, porque suas proteínas, quando exposta ao calor, em vez de se dispersarem, se coagulam. A forma mais saudável de comer ovo é cozido, mexido, pochê, em omelete. O ovo frito faz com que o ovo cru, que possui pouco mais de 70 calorias, passe para 100 calorias. Isso significa também um aumento de 40% de gordura.

Atenção com a qualidade e a forma de preparo do ovo para evitar intoxicação alimentar. Ao comprar, escolha os ovos que estejam com a casca limpa, ou seja, os ovos não podem ter a casca suja, trincada ou quebrada. Em casa, coloque os ovos na geladeira sem lavá-los. Deixe-os separados de outros alimentos para não absorverem odores.

ovo2

Antes do consumo, lave bem os ovos, em água corrente, sem imersão. Devem ainda ser higienizados em uma solução com hipoclorito de sódio (seguir a diluição e o tempo informados) antes de serem enxaguados. Coma ovos e os alimentos feitos dele bem fritos e cozidos.

Uma boa dica para saber se um ovo está fresco e bom para consumo ou não, é coloca-lo dentro de um copo de água antes da utilização. Se o ovo afundar e ficar na posição horizontal, ele está fresco e ótimo para o consumo, devido ao volume de água no ovo, deixando-o mais pesado. Se o ovo afundar e ficar na vertical, ele não é tão fresco, pois a bolsa de ar se expande. Se o ovo boiar, pois contém muito ar, indica que o ovo está velho e provavelmente impróprio para o consumo.

Boa semana!! botao voltar

Salvar

Salvar

Isabella Bianco

Nutricionista, formada em nutrição pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas - PUCAMP. Resido em Maringá, estado do Paraná, trabalho como nutricionista na área hospitalar do Hospital Universitário de Maringá - UEM, além de atender em consultório na mesma cidade. Sou especialista na área de Nutrição Clínica, tenho interesse em pesquisar e escrever sobre alimentação saudável como parte da qualidade de vida, nos seus vários aspectos.

E-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.