Menu

« »

Content

Creme de tomates, by nutricionista Melina Aniquini

Consultora da MIP Brasil Farma ensina receitas deliciosas de sopas ricas em fibras, que ajudam a manter o bom funcionamento do organismo nessa estação.

Mesmo com o frio mais ameno, é comum o aumento da ingestão de alimentos ricos em carboidratos – como massas, pães e bolos – e a diminuição do consumo dos pratos que contêm mais fibras – como saladas, frutas e legumes. Com isso, o corpo começa a sofrer com a alimentação desequilibrada, e um sinal disso é a constipação e sensação de inchaço.

“É importante que a ingestão de fibras em quantidade adequada seja mantida o ano todo, inclusive no inverno, estação em que a maioria das pessoas tem a tendência a deixá-las um pouco de lado, por ter menos vontade de ingerir frutas e verduras”, explica Melina Aniquini, nutricionista consultora de Livina Fibras, da MIP Brasil Farma

Para manter o organismo funcionando direitinho no inverno, vale investir nas sopas quentinhas. Apostar nas opções ricas em fibras é uma maneira prática e saborosa de manter as fibras em dia no corpo nos dias mais frios.

Confira uma saborosa receita criada pela nutricionista:

Creme de Tomate

cremedetomate

Ingredientes:

6 tomates médios, sem casca picados

1 colher (sopa) de margarina light

1 dente de alho, socado

1 cebola média, picada

1 copo de água 

¼ litro de leite desnatado

1 colher (sopa) de farinha de trigo

1 colher (sopa) de salsinha fresca, picadinha

Sal e pimenta a gosto

Preparo:

Refogue a cebola e o alho na margarina até ficarem macios e levemente dourados. Adicione os tomates e a água quente. Cozinhe por 10 minutos. Apague o fogo, espere esfriar um pouco e bata no liquidificador. Acrescente o leite frio, a farinha e os temperos (menos a salsinha). Leve ao fogo novamente e cozinhe lentamente, mexendo sempre até engrossar. Enfeite com a salsinha e sirva.

 

 botao voltar

Para celebrar o Dia do Nutricionista, comemorado no dia 31 de agosto, a Friboi, reconhecida pela preocupação em fornecer carnes com garantia de origem e rigoroso controle de qualidade, aponta cinco razões para manter a proteína bovina no prato dos brasileiros. As dicas a seguir são parte de um estudo realizado pela Equilibrium Consultoria e com base em dados publicados pela revista Meat Science e o Novo Guia Alimentar para a População Brasileira. Fonte: nutricionista Cynthia Antonaccio, consultora Equilibrium Consultoria

1.      Equilíbrio:  O consumo de uma porção diária de carne é recomendado como parte de uma alimentação saudável pela Pirâmide Alimentar Brasileira. Uma porção de 100 gramas preparada grelhada contribui, em média, com 40% das necessidades diárias desse nutriente em uma dieta de 2.000 Kcal.

2.      Proteína magra: As opções de cortes mais magros ajudam quem tem dietas mais restritas. Dentre as eles estão o filé mignon, lagarto, patinho, alcatra, maminha e coxão duro. Quando consumir cortes mais gordurosos, como a picanha e contrafilé, inclua vegetais, grãos e cereais integrais, além de preparações com menos sal.

3.      Baixo risco: uma extensa pesquisa sobre associação entre ácidos graxos e risco coronariano, com mais de 80 estudos, não foram identificaram evidências significativas de perigos relacionados ao consumo de gordura saturada, ou benefícios de outros tipos de gorduras, considerando o consumo alimentar e os níveis lipídicos na corrente sanguínea e no tecido adiposo dos voluntários.

4.      Valor nutricional: A carne bovina é fonte de zinco e ferro (minerais) e vitamina B12. O zinco é necessário para um bom sistema imune e cicatrização e o ferro é essencial para a formação da homoglobina nas células vermelha do sangue. Vitaminas do complexo B atuam na manutenção do sistema nervoso e essa substância só é encontrada em fontes de origem animal.

5.      Diversidade: uma porção de carne bovina magra tem, praticamente, o mesmo valor nutricional da carne de frango sem pele e contêm proporções similares de gorduras saturada (45%) e monoinsaturada e poli-insaturadas (55%), estas duas últimas também chamadas de gorduras boas.


Sobre a Friboi

Com tradição de mais de 60 anos, a Friboi é uma das marcas mundiais de alimentos da JBS, empresa global, presente em todos os continentes e com mais de 140 unidades de produção. Em 2011, a marca ampliou seu portfólio e lançou produtos industrializados e congelados. A Friboi tem como missão levar carne de confiança para a mesa dos

Rosângela Cianci

Rosângela Cianci. Jornalista, blogueira, repórter, apresentadora, produtora de TV e idealizadora do site Universo de Rose. Incansável observadora do cotidiano, apaixonada pelo que faz. Ex-Secretária Executiva, sempre lidou com Diretoria e Presidência mas prestes a completar Bodas de Prata na área, resolveu desengavetar um sonho antigo: o Jornalismo. E partiu pra nova luta com 40 (e uns anos), "pois meu negócio é escrever e conversar sobre assuntos de A a Z"...

E-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.