Menu

« »

Content

Reeducação alimentar - nutricionista destaca 10 ações para mudar sua rotina

Nutricionista indica como dar o pontapé inicial na reeducação alimentar e não abandonar no meio do caminho

Segundo a nutricionista Brunna Reis, do Dietas Delivery, seguir uma reeducação alimentar pode ser prazeroso e com resultados mais eficientes. “O primeiro passo é não ter pressa.  O resultado pode demorar um pouco, mas o emagrecimento é efetivo e duradouro. Devemos adquirir novos hábitos e levar esses hábitos para as nossas vidas”, explica.

reeducalimentar

Começar uma dieta - principalmente às segundas-feiras como a maioria das pessoas promete - e até tenta, pode ser difícil e quanto mais radical o cardápio, maiores as chances de desistir no meio do caminho. A reeducação alimentar pode ser a solução para quem pretende iniciar um programa alimentar e segui-lo sem burlar as recomendações, conforme salienta a nutricionista.

Para aprender a comer e eliminar os quilos extras que não fazem bem à saúde, é preciso, em primeiro lugar, consciência. “É preciso entender quando a saúde está em risco e quando é preciso mudar.  Abrir mão de alguns prazeres, podem assustar de imediato, mas com o tempo o sacrifício vira prazer e veremos que não é tão difícil optar pelos alimentos mais saudáveis”, explica Brunna.

Para iniciar a reeducação alimentar, Brunna destaca alguns pontos importantes:

1 – Coma de 3 em 3 horas e não pule refeições. Ok, você já ouviu isso inúmeras vezes. Mas esse é o grande segredo da reeducação alimentar. Seguindo essa regra, você terá menos fome durante o dia, poderá optar também por opções mais saudáveis e seu metabolismo se manterá ativo. Escolha sempre as opções mais saudáveis, como os alimentos frescos e in natura;

reeducalimentar1

2 - Beba água. Manter-se hidratado é essencial para a perda de peso. Precisamos de aproximadamente 35 a 40 ml de água por quilo de peso, então, se você pesa 60 Kg, precisa de 2,100 de água por dia;

3. Ingira alimentos integrais. Estes alimentos, além de nutritivos e mais completo ajudam a manter a glicemia do sangue (açúcar do sangue) e não elevam tanto quanto os alimentos refinados, além disso eles podem contribuir com o funcionamento intestinal;

4. Prefira alimentos frescos. Os industrializados são pobres em nutrientes, normalmente possuem muitas substâncias químicas que podem prejudicar a saúde e lentificar o emagrecimento;

5 - Evite fast-food. Além de alto teor de sódio, contém muita gordura e pouquíssimos nutrientes;

6 -  Estipule metas possíveis. Assuma um compromisso consigo mesmo. Trace metas a curto prazo. A cada meta atingida te dará mais incentivo de continuar em frente;

7 - Não abra mão de tudo. Se você não abre mão da pizza do final de semana, saiba que você pode consumir, mas sem exageros. Aprenda a diminuir a quantidade. Ao invés de comer três pedaços de pizza, coma um. A moderação e o bom-senso contam muito;

reeducalimentar2

8- Não faça dietas restritivas e dietas da moda. Essas dietas restritivas podem ajudar no emagrecimento, porém esse emagrecimento é temporário, pois como o indivíduo não se reeduca, acaba recuperando todo o peso perdido, na maioria dos casos ganha até uns quilos extras que não existia;

9 - Inclua gorduras boas no seu cardápio. Acrescente gorduras boas como óleo de coco, azeite e oleaginosas, como frutas secas. Esses produtos aumentam a saciedade e a sensação de fome durante o dia diminui;

10 -  Pratique exercícios físicos com regularidade. Investir na alimentação e exercícios físicos significa menos peso, menos estresse e mais disposição para garantir o corpo e saúde em dia.

Para quem tem dificuldade em aderir o exercício à rotina, o ideal é começar pela caminhada. Trinta minutos por dia é suficiente para sair do sedentarismo. Se optar por frequentar uma academia, procure orientação profissional para encontrar os exercícios mais adequados ao seu preparo físico.

Agora, veja um exemplo de cardápio balanceado para começar agora a sua reeducação alimentar.

Café da manhã:

- 1 xícara de chá de camomila (sem açúcar)

- 1 banana com 1 colher de farelo de linhaça

- 1 tapioca com ovo mexido e manteiga

- Lanche da manhã:

- 1 maçã

- 1 punhado de semente de girassol

Almoço:

- 4 colheres de sopa de arroz integral

- 1 concha pequena de feijão

- 100 gramas de proteína (carne bovina magra, frango, peixe ou ovo)

- 1 prato de salada variada (rúcula, alface, agrião, cebola, radichio, etc)

- 2 colheres de legumes no vapor (ex: cenoura)

Lanche da tarde:

- 1 copo de suco verde (1 fatia de abacaxi, 5 uvas verdes, 1 folha de couve orgânica sem o talo, 150 ml de água de coco, 1 pedaço pequeno de gengibre)

Jantar:

- Repita o almoço ou faça uma sopa e/ou creme com legumes e um pouco de carne magra.

A nutricionista alerta que a quantidade de refeições e o tamanho das porções variam de acordo com cada objetivo. Além disso, a dieta também é variada de acordo com a individualidade de cada pessoa.

Saiba mais: www.dietasdelivery.com.br.  botao voltar

Rosângela Cianci

Rosângela Cianci. Jornalista, blogueira, repórter, apresentadora, produtora de TV e idealizadora do site Universo de Rose. Incansável observadora do cotidiano, apaixonada pelo que faz. Ex-Secretária Executiva, sempre lidou com Diretoria e Presidência mas prestes a completar Bodas de Prata na área, resolveu desengavetar um sonho antigo: o Jornalismo. E partiu pra nova luta com 40 (e uns anos), "pois meu negócio é escrever e conversar sobre assuntos de A a Z"...

E-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.