Erro
  • JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 898
Menu

« »

Content

Fibra, o consumo é importante e promove saúde

O conceito de fibra alimentar ou fibra compreende as partes comestíveis das hortaliças, frutas e grãos integrais, que o nosso intestino delgado é incapaz de digerir e absorver, passando para o intestino grosso intacta.

O local de ação da fibra é o trato gastrointestinal, são substratos para o intestino grosso, que controla a velocidade da digestão e da absorção dos alimentos, melhorando a função intestinal.

As fibras alimentares são classificadas como insolúveis e solúveis em água e se distinguem por suas funções no organismo, ou seja, possuem efeitos diferentes.

E quais são essas diferenças?

macaverd1

As fibras insolúveis são encontradas nos cereais integrais como o trigo (celulose) e os grãos (hemicelulose) e também nas hortaliças (lignina). É a lignina que confere às fibras uma consistência rígida e firme.

Já as fibras solúveis são encontradas na aveia e centeio (gomas), leguminosas e nas frutas, particularmente nas maçãs (pectina).

Componentes presentes na fibra solúvel, como a inulina e os fruto-oligossacárides (FOS), são chamados de pré-bióticos, não são digeridos no intestino delgado que, ao atingir o intestino grosso, são metabolizados por bactérias benéficas, sendo assim chamadas por alterarem a flora intestinal colônica gerando uma flora intestinal saudável.

A inulina e o FOS são encontrados no alho, cebola, banana, tomate, alcachofra, aspargo, raiz de almeirão, centeio e cevada. E também como módulo de fibra em pó disponíveis em farmácias especializadas.

As fibras podem ser encontradas em frutas, legumes e verduras, leguminosas (lentilhas, feijão, ervilhas, etc) e nos alimentos à base de cereais integrais (farelo de trigo, flocos de aveia integral, pão integral, etc).

Além dos benefícios já citados, o consumo de fibras previne a constipação intestinal, melhora os níveis de glicemia e do colesterol. E além disso, tem efeito na saciedade, contribuindo para o controle do peso.

Lembre também que para melhorar o efeito da fibra é necessário ingerir bastante água.

Fontes: http://www.rgnutri.com.br/sqv/saude/emf.php; COSTA, Perin; MAGNONI, Carlos Daniel;

http://www.rgnutri.com.br/sqv/saude/emf.php; COSTA, Perin; MAGNONI, Carlos Daniel. A importância das fibras na prevenção e no tratamento das dislipidemias.Instituto de Metabolismo e Nutrição.Disponível em: http://www.nutricaoclinica.com.br/20050811401/alimentos-funcionais-fibras/a-importancia-das-fibras-na-prevencao-e-tratamento-das-dislipidemias; CUPPARI, Lilian. Nutrição clínica no adulto; FARIAS, A. Fibras prebióticas, solúveis e insolúveis. Sanavita, 2011. Disponível em: http://www.sanavita.com.br/#fibras-prebioticas-soluveis-e-insoluveis_c1805_.aspx; Instituto de Metabolismo e Nutrição; Disponível em: http://www.nutricaoclinica.com.br/20050811401/alimentos-funcionais-fibras/a-importancia-das-fibras-na-prevencao-e-tratamento-das-dislipidemias; CUPPARI, Lilian. Nutrição clínica no adulto. Barueri: Manole, 2002; FARIAS, A. Fibras prebióticas, solúveis e insolúveis. Sanavita, 2011. Disponível em: http://www.sanavita.com.br/#fibras-prebioticas-soluveis-e-insoluveis_c1805_.aspx

  

botao voltar

E-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.