Erro
  • JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 898
Menu

« »

Content

Intolerância à Lactose

Dando continuidade ao tema sobre carboidratos, hoje vou escrever sobre a lactose, que é o açúcar do leite. Já descrito anteriormente, mas só para relembrar, a lactose é um dissacarídeo, formado pela galactose e glicose.

Para a digestão e absorção eficiente da lactose é necessário a enzima lactase produzida no intestino delgado.

A atividade da lactase diminui com a idade e somente uma parcela das pessoas conseguem absorver a lactose. Também, a deficiência de lactase pode se desenvolver se as vilosidades intestinal, que a produzem, estiver prejudicada, podendo ser devido alguma doença intestinal, medicamentosa (como o uso de antibiótico), diarreia e desnutrição.

intolerancialactose

A má absorção da lactose pode ser temporária ou permanente, depende da patologia e de quanto afetou a função intestinal, prejudicando a produção da lactase. Em alguns casos, algumas crianças nascem com deficiência de lactose.

Se a quantidade de lactose for maior do que a capacidade da lactase disponível para absorção, a lactose irá para o intestino grosso, não digerida, causando desconforto abdominal, flatulência, diarreia e às vezes constipação. Isso é devido a fermentação da lactose no intestino grosso. Os sintomas vão depender da quantidade e a forma da lactose ingerida, o grau de deficiência da lactase.

A intolerância à lactose é diferente de alergia a proteína do leite de vaca. A intolerância trata-se de absorção e metabolismo; já a alergia é uma reação adversa a um alimento, que envolve o sistema imunológico.

Para o tratamento dietético da intolerância à lactose é necessário algumas mudanças na alimentação. A exclusão de leite e derivados, e substituir por produtos sem lactose. Existe também a enzima lactase comercializada.

Deve sempre ler o rótulo dos alimentos pois muitos contêm leite em sua composição.

A orientação nutricional para pessoas intolerântes à lactose deve ser individualizada. Atenção a quantidade de vitamina D e cálcio.

Boa leitura! botao voltar

E-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.