Menu

« »

Content

Espaguete e Contrafilé para comemorar o "Dia do Macarrão" com receita da Friboi

 

No dia 25 de outubro é comemorado o "Dia Mundial do Macarrão". A data é celebrada desde 1995 e foi criada durante o World Pasta Congress, em Roma, na Itália. Pode ser espaguete, penne, fusilli, talharim, conchiglione, farfalle, entre tantos outros formatos. Não importa qual o tipo ou a combinação do molho, uma coisa é certa: a famosa macarronada é um dos pratos mais tradicionais na mesa das famílias e ganhou uma data especial. 

Queridinho por ser prático, versátil e barato, o macarrão ou "a pasta" já faz parte do cardápio de 95,5% dos lares no país, segundo dados da ABIMAPI (Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados). Além disso, o brasileiro é o terceiro consumidor mundial de massas, atrás apenas dos estadunidenses e dos italianos. Por aqui, são vendidos mais de 60 formatos diferentes de macarrão, que atende a todos os gostos. 

Segundo a Encyclopedia of Pasta, vários cientistas, baseados em achados arqueológicos, atribuem a invenção do macarrão aos chineses, há 4 mil anos. O livro ainda apresenta diversas teorias, tais como o surgimento do prato na Palestina, ainda no período da Antiguidade, ou a convenção de que os gregos foram os primeiros a consumir o alimento. Independentemente de onde foi criado, o país que o popularizou foi a Itália, onde ganhou centenas de formatos, recheios, molhos e fama. Acredita-se que o macarrão chegou ao Brasil no século XIX, trazido pelas primeiras famílias de imigrantes italianos.

Mas o macarrão é feito de que? Normalmente a partir da mistura de farinha de trigo e água. A receita também pode levar ovos e tem diversas variações na textura. Historicamente, o macarrão fresco é feito a mão, enquanto a opção seca passa pelo método de processamento. Além disso, ao longo dos anos o alimento ganhou novas versões e adaptações, principalmente para combater o alto valor calórico conhecido por todos, como por exemplo: macarrão a base farinha branca, integral, sem glúten, com sabores (espinafre, tomate, cenoura,...), e por aí afora.

E já que a data cai exatamente no domingo, que é tradicionalmente conhecido como dia de reunir a família e comer macarrão,  que tal preparar um espaguete para comemorar a data neste domingo, 25? A dica é da Friboi, e a receita é de espaguete com contrafilé. Ideal para celebrar a data. A receita é fácil, tem tempo de preparo de 40 minutos e rende até 6 porções.

Confira o passo a passo.

 

Espaguete com Contrafilé

espaguetecontrafile

 

Ingredientes:

·900g de espaguete cozido al dente

  • ·1,2Kg de contrafilé Friboi cortado em cubos
  • ·Sal e pimenta a gosto
  • ·6 colheres (sopa) de azeite
  • ·Molho
  • ·6 colheres (sopa) de azeite
  • ·2 cebolas pequena ralada
  • ·3 dentes de alho amassado
  • ·1 ½ xícara (chá) de vinho branco
  • ·6 tomates sem sementes cortados em cubos grandes
  • ·3 xícaras (chá) de suco de tomate
  • ·Sal e pimenta a gosto
  • ·450g de palmito cortado em rodelas
  • ·150g de azeitonas pretas picadas
  • ·Raspas de casca de 2 limões
  • ·Salsa picada a gosto
  • Modo de preparo:

  • Cozinhe o espaguete “al dente” e reserve. Tempere os cubos de carne com o sal e a pimenta. Em uma frigideira antiaderente, aqueça o azeite e grelhe a carne até dourar. Reserve. MOLHO: Em uma panela, aqueça o azeite, doure a cebola e o alho. Junte o vinho, o tomate e o suco de tomate. Tempere com o sal, a pimenta e cozinhe por 3 minutos. Adicione o palmito, a azeitona, as raspas de limão e a azeitona. Misture levemente, junte a carne reservada e cozinhe por mais 2 minutos. Coloque o molho sobre o espaguete, polvilhe a salsa e sirva em seguida.

  • DICA: Substitua o contrafilé por filé de costela.

 

Grau de dificuldade: Fácil

botao voltar

Rosângela Cianci

Rosângela Cianci. Jornalista, blogueira, repórter, apresentadora, produtora de TV e idealizadora do site Universo de Rose. Incansável observadora do cotidiano, apaixonada pelo que faz. Ex-Secretária Executiva, sempre lidou com Diretoria e Presidência mas prestes a completar Bodas de Prata na área, resolveu desengavetar um sonho antigo: o Jornalismo. E partiu pra nova luta com 40 (e uns anos), "pois meu negócio é escrever e conversar sobre assuntos de A a Z"...

E-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.