Menu

« »

Content

Casais sem filhos. É possível ser feliz?


Motivos pessoais e profissionais levam cada vez mais mulheres a abrir mão da maternidade; mas o novo comportamento ainda chama atenção perante amigos e familiares

filhosnao1Dados divulgados recentemente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelam uma nova configuração social: ao invés da tradicional maioria de mulheres na faixa de 30-40 anos com filhos, surgem cada vez mulheres a partir dessa faixa etária que não são mães. A pesquisa aponta que o número de casais com filhos vem caindo discretamente, porém a diferença é notável (o Rio Grande do Sul aparece como estado com mais casais que disseram não à maternidade).

filhosnao3

A mudança de comportamento, no entanto, ainda gera curiosidade e desperta questionamentos na sociedade brasileira.  A pressão para ter filhos continua grande. As perguntas dos amigos, parentes e até desconhecidos, principalmente para as casadas, costumam girar acerca do mesmo tema: a "encomenda" do bebê. “Essa atitude é normal por parte de terceiro, pois eles acham que abrir mão da maternidade significa egoísmo por parte da mulher, o que está totalmente equivocado”, explica a psicóloga da Life Clínica de Campinas, Silvana Maria Monteiro Niel.

O discurso coletivo ainda defende o modelo convencional de família e os argumentos para sustentar esse pensamento, que vão desde necessidade biológica ao conhecimento do amor incondicional, não faltam. Porém, contrariando todos eles, há pessoas que acreditam na felicidade sem gerar filhos. E, sim, elas estão certas. “Claro que é possível ser feliz sem filhos, até porque a maternidade não é mais o único caminho para a felicidade da mulher, como se acreditava antigamente”, afirma Silvana. “Entre as justificativas mais ouvidas por essas mulheres estão a busca pela liberdade, carreira consolidada e ausência do instinto maternal. Todas elas são plausíveis”, acrescenta a especialista.

É importante ressaltar que, na sociedade atual, aumentar ou não a família é uma questão de escolha e toda decisão deve ser compreendida e respeitada.

filhosnao2

Num "passeio" pela Net, numa das comparações mais próximas à relaidade que encontrei encontra-se no link abaixo. Óbvio que não creio que o autor teve a pretensão de generalizar, mas acho que é a caricatura de uma realidade que acontece com um grande numero de casais que resolve ter filhos no impulso, sem refletir se é isso mesmo que querem. Muitos casais tem filhos só pq se sentem na obrigação social de ter. Depois se enchem de frustração e começama a pensar no assunto. Quem quer ter filhos e sabe ser feliz nesse papel, OK, tenha inúmeros. Mas quem não quer, OK, também - seja feliz cada um com seus desejos e conceito de felicidade. Agora, cá entre nós, num mundo cheio de crianças abandonadas, espancadas, abusadas, ignoradas, sequeladas psicologicamente, é muito válido uma discussão bem humorada que estimule a reflexão sobre o assunto. 

http://www.pesadelo.net/2010/07/casal-com-filhos-x-casal-sem-filhos.html

Outro texto muito bacana! Inclusive escrevi certa vez em meu blog:

filhosnao5

 

botao voltar

Rosângela Cianci

Rosângela Cianci. Jornalista, blogueira, repórter, apresentadora, produtora de TV e idealizadora do site Universo de Rose. Incansável observadora do cotidiano, apaixonada pelo que faz. Ex-Secretária Executiva, sempre lidei com Diretoria e Presidência mas prestes a completar Bodas de Prata na área, resolvi desengavetar um sonho antigo: o Jornalismo. E parti pra nova luta com 40 (e uns anos), pois meu negócio é escrever e conversar sobre assuntos de A a Z...

E-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.