Erro
  • JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 892
Menu

« »

Content

Rosácea: causas e como pode afetar sua vida pessoal

 

Segundo a dermatologista Ligia Kogos “A Rosácea se caracteriza pela predominância de vermelhidão, espinhas vermelhas e vasos, sem cravos ou com poucos comedões, podendo ser conseqüência de stress, desequilíbrio do organismo, abuso de comidas muito apimentadas, álcool, condimentos; vem acompanhada de vasinhos vermelhos e uma sensibilidade exacerbada ao sol”.

rosacea1

É freqüente nos consultórios dos dermatologistas a vinda de pacientes adultos, com idades as mais variáveis 30, 40, 50 anos, queixando-se de espinhas e estranhando que possam apresentar o quadro tanto tempo depois da adolescência! Muitas vezes o que é mais surpreendente, aparece em pessoas que na primeira juventude jamais tiveram qualquer sinal de Acne.

Na Acne Rosácea nota-se relação com alimentos muito calóricos, “não-saudáveis ‘como álcool, condimentos, gorduras, baixo teor de vegetais na alimentação”. O tratamento é feito de acordo com cada caso e inclui:

- Loções adstringentes contendo antibióticos como eritromicina.

- Antibióticos como Minociclina via oral

- Cremes calmantes com corticóides suaves (hidrocortisona ou desonida) são muito importantes. 

- Usam-se também géis contendo antibacterianos como metronidazol e gentamicina. Isotretinoina (Roacutan) via oral é muito efetivo, um dos melhores tratamentos, especialmente nos quadros persistentes, resistentes a terapêuticas mais simples.

A maioria das pessoas que tem a doença tendem a ter problemas com a sua autoestima e muitas vezes até com a vida profissional, e, o ideal nesses casos, é a procura de um psicológico e da dermatologista, que irá alertar para os cuidados a serem feitos para melhoria da doença. “A doença não tem cura, mas existem tratamentos para amenizar a aparência dela, como por exemplo luz pulsada, antiinflamatório, gel creme e medicamentos manipulados, e, até mesmo o uso de maquiagem nos casos da paciente não ser alérgica, claro”, explica a dermatologista Ligia Kogos.

Bom fim semana a todos!

*Dra. Ligia Kogos é Dermatologista formada pela Escola Paulista de Medicina – Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) – e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, da Sociedade Brasileira de Medicina Estética e diretora da Clínica Ligia Kogos de Dermatologia.

botao voltar

E-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.