Erro
  • JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 892
Menu

« »

Content

Trocar regularmente pentes e escovas de cabelo é questão de saúde

 

Assim como limpar os pincéis de maquiagem é fundamental para a saúde da pele, as escovas de cabelos e pentes também precisam ser higienizados e renovados periodicamente. “A deformação de cerdas e dentes e a falta de limpeza adequada podem provocar danos ao couro cabeludo e favorecer a proliferação de microorganismos. Uma escova imperfeita não alinha, nem modela os fios e pode comprometer a estrutura do cabelo, chegando até a arrancá-los.”, diz a técnica em beleza da Condor, Marilia Kikuchi.

escovadecabelo

A especialista cita como exemplo as escovas com bolinhas nas pontas das cerdas, que servem como proteção. É necessário trocar o item sempre que as bolinhas se perderem para evitar ranhuras no couro cabeludo dimensionadas na forma de pequenas lesões ou grandes inflamações por fungos e doenças bacterianas.

Outra dica é manter o secador a uma distância de 3 a 5 cm ao escovar os cabelos. Isso evita o derretimento das cerdas, que com a deformação podem se enroscar nos fios levando-os à quebra. Além disso, este hábito aumenta a vida útil do produto.

A empunhadura da escova solta também é um problema, pois não proporciona um bom agarre, fundamental para uma boa escovação.

Quanto aos pentes, a substituição deve ser feita na ausência de dentes, para evitar o desalinhamento e danos a estrutura do fio. Quando não há um bom deslize, os fios são arrancados e acontecem lesões no couro cabeludo que podem evoluir até a uma inflamação causada por fungos como a foliculite.

Outra forma de garantir a saúde do couro cabeludo é fazer a higienização de escovas de cabelo regularmente. A equipe de técnicos da Condor recomenda alguns passos para a limpeza dos produtos.

- Remover os fios de cabelos que ficam acumulados, pois comprometem o ato de desembaraçar, retem a umidade, causando a proliferação de fungos, bactérias e piolhos. O cabo de um pente pode auxiliar na retirada desses fios.

- Utilizar sabão neutro e água corrente, e esfregar as cerdas por alguns minutos. Se estiverem muito sujas, recomenda-se deixar a escova de molho entre 15 a 30 minutos.

- A secagem deve ser natural, sem o uso do secador, que pode estragar as cerdas. O ideal é deixá-la pendurada pelo cabo.

- Escovas com revestimento cerâmico devem ser higienizadas apenas com um pano úmido e sabão neutro.

- Escovas ionizadas e almofadadas não devem ser deixadas de molho, apenas lavadas em água corrente e devem ser completamente secas com um pano.

- A higienização das escovas de uso particular deve ser feita pelo menos uma vez por mês. Os salões de cabeleireiros devem seguir as orientações da coordenação de vigilância de saúde.

Mais informações, no site da Condor, o www.condor.ind.br.

 

 

botao voltar

E-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.